Cooperação entre Cabo Verde e China quer privilegiar a Educação

Cooperação entre Cabo Verde e China quer privilegiar a Educação

Su Jian, embaixador chinês na cidade de Praia, disse que a China planeia este ano financiar a construção de um novo campus para a Universidade de Cabo Verde e abrir um Instituto Confúcio, na capital cabo-verdiana, para ensinar a língua e a cultura chinesa. Paralelamente, universidades chinesas irão continuar a acolher estudantes cabo-verdianos.

Tido em conta como uma prioridade na cooperação entre os dois países, “mais estudantes cabo-verdianos irão estudar na China em bolsas de estudo atribuídas pelo governo chinês”, afirmou Jian, acrescentando que a China irá “continuar com cursos de formação para funcionários do governo de Cabo Verde”, refere o site Shangai Daily.

A China também pretende em 2014 terminar a construção de uma escola de turismo na ilha do Sal, tendo Jian dito que a escola será moderna e com capacidade para albergar até 1800 estudantes.

O país asiático planeia também, em termos de desenvolvimento rural, financiar a construção de um centro de produtos agrícolas de valor agregado na ilha de Santiago. Está igualmente previsto que este ano o governo chinês ofereça dois navios de guerra a Cabo Verde para a vigilância e controlo das suas águas territoriais, bem como deverá ajudar a renovar e modernizar o Palácio Presidencial de Cabo Verde.

Para além destes projectos em específico, o objectivo final das autoridades chinesas é promover a cooperação económica e comercial entre Cabo Verde e a China, concluiu o diplomata.

Foto: Gagum / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores